Notícias

Observatório Social e mais cinco entidades representativas de Itajaí fazem análise das ações na pandemia e do novo decreto municipal

 

A preocupação com o aumento no números de casos de COVID-19, as ações e o novo decreto do poder público, assim como o que cada instituição está fazendo de conscientização, assistência e medidas preventivas para conter o avanço do Coronavírus em Itajaí, foram os temas centrais da discussão online na quarta-feira (24), que teve a participação do presidente do Observatório Social de Itajaí e dos presidentes da CDL, Associação Empresarial de Itajaí (ACII), Sindicado das Indústrias da Construção Civil e Mobiliário Foz do Rio Itajaí-Açu (SINDUSCON), Sindilojas, e OAB Subseção de Itajaí. O presidente do Observatório Social de Itajaí, Paulo Sabatke Filho, destacou o intenso trabalho que a instituição vem fazendo para acompanhar no Portal da Transparência, os gastos públicos no período da pandemia. Entre verbas dos governos federal, estadual e recursos do município somaram-se um total de R$42 milhões, disponíveis para o enfrentamento da pandemia. Desse montante, o Observatório Social de Itajaí apurou que foram gastos até o momento R$26 milhões. Constatou-se um total de R$7 milhões na contratação de profissionais da saúde e R$13 milhões para compras como materiais, equipamento de proteção individual aos profissionais e contratação de clínicas especializadas para auxílio no atendimento aos pacientes. Sabatke reforça que a entidade vem acompanhando atentamente as ações do poder público, participando das reuniões de decisões para esse enfrentamento.WhatsApp Image 2020 06 29 at 13.37.58 1

Novo decreto e sugestões ao poder público

O novo decreto em vigor a partir de domingo (21) restringindo o acesso a áreas públicas como praias, calçadões e pontos turísticos em Itajaí, também foi tema do encontro entre as entidades representativas. O aumento no número de casos de pessoas contaminadas pelo Coronavírus preocupa as instituições. Os dirigentes das entidades estiveram presentes na reunião em que o prefeito decidiu por novas medida. O presidente do Observatório Social de Itajaí, ressalta que as barreiras sanitárias deveriam ser implantadas novamente nas entradas da cidade. Para ele, o maior índice de contaminação se deve ao fato realmente das atividades de lazer como as saídas a bares e eventos, e que as medidas precisam ser mais restritivas para que não haja aumento da contaminação e consequentemente prejuízo à saúde e à economia. Algumas sugestões também foram levantadas junto ao grupo de voluntários da instituição e que podem ser apresentadas a administração pública. O grupo aponta que viagens de servidores a eventos fora do estado ou do país, também deverão ser suspensas, salvo exceções a serem analisadas. Os eventos públicos ou privados para mais de 50 pessoas deveriam também ficar suspensos por tempo indeterminado. O Procon deveria ser orientado e cobrado para lacrar estabelecimentos que praticam preço abusivo na venda de materiais que auxiliam na prevenção ao Coronavírus como álcool em gel e máscara. As outras entidades também reforçam algumas recomendações.

Divulga Comunicação

A Divulga Comunicação nasceu com a proposta de maior aproximação de empresas e pessoas com a mídia através do trabalho de expor serviços e ações como mídia espontânea.

Redes Sociais

FACE

  INSTA

Entre em Contato

E-mail:
[email protected]
Telefones:

(47)99909-7096 - (47)99785-3343
Endereço:
Rua Uruguai, 537 - Itajaí - SC